terça-feira, 13 de março de 2012

ATROVERAN para salvar animais envenenados. Há controvérsias!




Por Carlos Tomaz26 abril 2012
O mais correto em qualquer situação envolvendo a saúde de um animal é consultar urgentemente um Médico Veterinário e não o Dr. Google. Quem garante que as informações compartilhadas na internet são verdadeiras e confiáveis? Há algum tempo vem sendo compartilhado por muitas pessoas no Facebook a imagem abaixo e também achei o texto dela em vários outros sites e blogs. Há muitas informações controversas e irei explicá-las.
558571_138842172910805_100003550701970_137064_78833897_n
Antes de publicar esse texto, fui buscar explicações para tais informações. No começo pensei em entrar em contato com o médico veterinário ou a ONG citados no texto. Então veio minha surpresa, o Dr. Marcel Benedeti faleceu em 2010 e o único meio de contato com a ONG Garagem da Adoção, também não é atualizado desde 2010. Suspeitei que usaram esses nomes de propósito, já que seria impossível o contato, mas depois descobri o mesmo texto em alguns blogs publicados em 2008. Então minha suspeita de que o texto não seria de autoria do Dr. Marcel poderia ser falsa. Mas então vamos ao que importa, o tratamento milagroso para envenenamento em animais:
Água morna com sal ou água oxigenada: realmente provocam êmese (vômito), porém essa medida é contra indicada em alguns casos. Como por exemplo, quando não se sabe a causa do envenenamento, quando o agente ingerido pelo animal é cáustico ou corrosivo ou quando o animal está inconsciente.
Atroveran: primeiramente, em nenhum momento o Atroveran age como um antídoto. Ele é um analgésico e antiespasmódico, ou seja, apenas alivia as dores no estômago. E ao contrário do que é dito no texto, ele não é antídoto para o chumbinho (carbamato). Em casos de envenenamento por chumbinho o correto é a aplicação de sulfato de atropina.
9639815_04cab49ff7
Então o que fazer com um animal envenenado?
Veja alguns pontos importantes a serem tomados, lembrando que isso deve ser feito por acompanhamento de um Médico Veterinário:
Eliminação da fonte do tóxico: retirar o animal envenenado do local; trocar vasilhas de água e alimento; evitar exposição adicional ao agente (quando se sabe a causa); evitar o contato com outros animais sadios (para que não corram o risco de se envenenar também através de secreções do doente).
Redução da absorção do tóxico: em até 2 horas após o envenenamento, êmese, com animal consciente e sem outros sintomas mais graves; lavagem gástrica, que deve ser feita por um médico veterinário; uso de carvão ativado.
Transformação do tóxico em forma não absorvível: formação de um precipitado ou complexo insolúvel do tóxico.
Eliminação e excreção do tóxico: pode ser feito através de diuréticos, mudança de pH urinário, diálise peritoneal, lavagem gástrica, enema, laxantes emolientes ou corte do pelo e banho, quando o envenenamento envolve a pele.
Tratamento dos sintomas: os agentes causadores podem apresentar sintomas variados e deve ser instalada a terapia de apoio.
Principais fontes de envenenamento em cães e gatos:
  • Estricnina, chumbinho (raticidas)
  • Chumbo (tintas e alguns objetos)
  • Warfarina (raticidas, vampiricidas)
  • Organoclorados/Organofosforados (carrapaticidas, pulgicidas)
  • Fluoracetamidas (raticidas)
  • Plantas, fungos, algas, micotoxinas
  • Sapos, aranhas, cobras
  • Água e alimentos envenenados
  • Medicamentos e drogas

4 comentários:

  1. Retirem está informação do site, pois é inverídica!!
    http://www.lardaveterinaria.com.br/2012/04/saiba-o-que-fazer-em-casos-de.html

    ResponderExcluir
  2. Conheci o Dr. Marcel Benedeti, ele tinha clinica no meu bairro, tinha um programa na rádio boa nova e era uma pessoa maravilhosa, essa receita é realmente dele, antes de falecer, eu mesma já salvei alguns gatos com ela, graças a Deus e a ele que divulgou. Claro que veterinários vão dizer que não funciona, para não deixar de lucrar, mas eu garanto que é verdadeira.

    ResponderExcluir
  3. Eu garanto que esse procedimento É VÁLIDO SIM! Eu salvei meu cão, em estado crítico, com ele, enquanto que outros animais envenenados na mesma ocasião por um vizinho inescrupuloso morreram.

    ResponderExcluir
  4. Eu garanto que esse procedimento É VÁLIDO SIM! Eu salvei meu cão, em estado crítico, com ele, enquanto que outros animais envenenados na mesma ocasião por um vizinho inescrupuloso morreram.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...