terça-feira, 28 de agosto de 2012

MARINA SILVA

Contribuição de Rui Pessoa



Florestas não são apenas estatísticas. Nem apenas objeto de negociações, de disputa política, de teses, de ambições, de pranto. Antes de mais nada, são florestas, um sistema de vida complexo e criativo. Têm cultura, espiritualidade, economia, infra-estrutura, povos, leis, ciência e tecnologia. E uma identidade tão forte que permanece como uma espécie de radar impregnado nas percepções, no olhar, nos sentimentos, por mais longe que se vá, por mais que se aprenda, conheça e admire as coisas do resto do mundo.
Vivi no seringal Bagaço, no Acre, até os 16 anos. Tenho pela floresta muito respeito e cuidado. Quem conhece a mata, não entra de peito aberto, mas com muita sutileza. Ali estão o suprimento, a proteção e os perigos.
E também o mistério, algo não completamente revelado. Vidas e formas quase imperceptíveis. O encontro, a cada momento, de um cipó diferente, uma raiz, uma textura, uma cor, um cheiro. A descoberta dos sons. Até o vento na copa das árvores compõe melodias únicas, de acordo com a resistência oferecida pela castanheira, a samaúma, o açaizeiro.
Na minha infância, o som que achava mais bonito era o do período da florada das castanheiras. A castanheira é polinizada por uma abelha enorme, o mangangá. Imaginem centenas de mangangás entrando nas flores para tirar o néctar! Como a flor é côncava, na hora de sair têm que fazer uma força extraordinária nas asas, num vôo de frente pra trás, que provoca um barulho de máquina potente e rouca. Uma de minhas primeiras lembranças do mundo é do barulho dos mangangás na copa da castanheira ao lado do terreiro da nossa casa.
Embora para muitas pessoas a floresta possa parecer homogênea, sempre a vi como espaço de diversidade. Gostava de prestar atenção em pequenas coisas, como formigas levando folhas para o buraco. O caminho das formigas era bem limpinho, parecia varrido. A estrada de seringa era cheia de folhas, tocos, raízes, de espera-aí, um espinho de rama que arranha a perna quando a gente passa. E eu imaginava como seria bom ter uma estrada de seringa limpa como o caminho das formigas!
Outra formiga, a tucandeira, tem uma ferroada tão dolorosa que não dá nem para explicar. Mas havia também uma razão mítica pra temê-la. Meu tio Pedro Mendes, que durante muito tempo conviveu com os índios do Alto Madeira, dizia que as tucandeiras viravam cipó de ambé. Se morresse uma na copa da árvore, o corpo virava a planta e as pernas viravam os cipós. Quando se era mordido de tucandeira, a primeira coisa a fazer era procurar um cipó de ambé, cortar e beber a água porque ela era o antídoto. Não sei se era mesmo, mas ajudava a aliviar a dor.
Meu tio ensinava coisas em que a gente acreditava profundamente. Ele dizia que se a gente se perdesse e visse uma borboleta azul, era só segui-la que ela nos levaria para a clareira mais próxima e de lá acharíamos o caminho de casa. Essa borboleta é linda, enorme, quase do tamanho da mão. Nunca vi um azul igual. Que, aliás, é marrom. Os pesquisadores do INPA descobriram que ela tem uma engenharia de disposição das escamas das asas que faz com que, na incidência de luz, se tornem azuis.
Depois entendi porque nos levava para casa. Porque gosta de pousar em frutas como banana e mamão maduros, já bicadas pelo passarinho pipira. Quando sente fome, procura a primeira clareira onde haja um roçado de frutas. E lá perto, certamente haverá uma casa. São coisas que parecem crendice, mas há conhecimento científico associado, obtido pelo mesmo princípio do método acadêmico: observação sistemática dos fenômenos.
Antes de existir Ecologia como ramo do conhecimento ou ambientalismo como movimento, o sistema da floresta já tinha suas normas, o seu “Ibama” natural, sua sustentabilidade, por meio de um código mítico que funcionava como legislação de proteção da mata e das formas de vida que a habitavam. Não se podia pescar mais do que o necessário, porque a mãe d´água afundaria a canoa. Não se podia caçar demais porque o caboclinho do mato daria uma surra. Não podia matar animal prenhe porque a pessoa ficaria panema, ou seja, sem sorte. E para tirar o azar seria preciso um ritual tão complicado que era preferível deixar o bicho em paz.
As práticas de acesso aos recursos da floresta, mediadas por esse código mítico, acabavam levando a um alto grau de equilíbrio. Só se caçava quando acabasse a carne seca pendurada no fumeiro do fogão. Logo, se não se podia caçar em excesso, não havia carne para venda, só para o próprio consumo. Contrariada essa norma, o caboclinho do mato castigaria o infrator com uma surra de cipó de fogo com nó na ponta. A pessoa apanhava, mas não conseguia se defender porque não via a entidade. Ficava toda lanhada, com febre. Até o cachorro, se acuava uma caça desnecessária, começava a pular e ganir de dor. Era o caboclinho disciplinando o animal.
Os relatos eram inúmeros e me deixavam com muito medo de andar pelo mato. Superava-o, em primeiro lugar, cumprindo à risca as leis míticas. Além disso, desde criança tenho uma fé imensa e achava que, sendo justa com a natureza, Deus me protegeria.
E mesmo com todo esse medo, minhas irmãs e eu gostávamos de andar pela floresta porque lá a gente se divertia muito. Por exemplo, fazendo balanço de um cipó muito resistente, em árvores que chegavam a trinta metros de altura. Pescar nos igarapés, colher bacuri, abiu, taperebá, ingá, tucumã, cajá, era muito bom.
Era um mundo de sabedoria tradicional, de organização social e cultural inseparável da existência da floresta. Até que um dia chegaram as motosserras e tratores e desconstituíram os códigos míticos, criando a necessidade crescente do aparato legal que, por não estar dentro do homem, precisa de instituições e mecanismos para implementá-lo. Não foi à toa que a primeira grande operação de combate a desmatamento feita pela Polícia Federal, envolvendo 480 agentes, no estado de Mato Grosso, foi batizada de Operação Curupira.
Se abríssemos hoje nossa sensibilidade para os valores da floresta, talvez se tornasse mais fácil redefinir o que entendemos por qualidade de vida. Quem sabe, pode estar faltando uma enorme borboleta azul para nos conduzir para casa, onde os frutos de nossas decisões sempre nos aguardam em mesa farta.
(Marina Silva)
                                                                                                                                                                                                                      
Texto de Marina Silva, publicado no portal Terra que, segundo ela, representa sua experiência na

 Green Economy Lab. Learning Journey realizada pela Aoka em parceria com o Núcleo Oikos e Ipê.

domingo, 26 de agosto de 2012

MANIFESTO da CONSCIÊNCIA DESPERTA.




MANIFESTO da CONSCIÊNCIA DESPERTA.
Por Sandra UGA em 26/08/2012.

Este é um MANIFESTO EM FAVOR da DIGNIDADE do AMOR AO PRÓXIMO, do cuidado com a NATUREZA, com os ANIMAIS e acima de TUDO  MANIFESTAR o nosso AMOR A DEUS.

Que cada pessoa, seja como for, juntos, separados ou misturados, mas se CONSCIENTIZEM que temos que fazer a nossa parte, cuidando, preservando, ajudando da melhor maneira possível, não podemos mais negligenciar, deixar para depois, o MUNDO precisa de todo MUNDO, todos nós podemos e precisamos dar e receber o apoio necessário para transformarmos nossas vidas sendo uteis e prestativos, ter  consideração e respeito pelo nosso próximo seja ele familiar, vizinho, conhecido, amigo ou mesmo um desconhecido, ninguém merece ser tratado com desdém, com descaso e muito menos com desumanidade.

Nós somos seres inteligentes, nascemos com vários atributos, potenciais e dons. Precisamos usá-los da melhor forma possível, contribuindo para salvarmos o Planeta da degradação, destruição e da crueldade. É inadmissível ver que estamos no ano 2012 e ainda se praticam o mal, a violência, a desumanidade com os seres humanos, os  animais e a própria Terra e fazem isso não por ignorância, mas por maldade, crueldade, cinismo e desrespeito à vida alheia. Temos que nos responsabilizar por nossos atos, há principio não somos perfeitos e se fizermos algo que seja contestável para outrem ou para o meio ambiente se faz preciso DESPERTAR, ACORDAR e procurar sair atrás do prejuízo e principalmente não culpando ninguém, mas transmutando o que não deu certo em algo que seja bem vindo, que recupere o tempo perdido, sim porque quando NÃO FAZEMOS a parte que nos cabe neste firmamento, andamos na contra mão, não regredimos, mas voltamos a estaca 0 da evolução planetária. Cada pessoa pode fazer o seu melhor, dar o melhor de si mesmo, para demostrar sua gratidão pela vida que tem, ajudando outros a construírem um mundo cada vez melhor de se viver. É tendo CONSCIÊNCIA de nossas ATITUDES que DESPERTAMOS para um Mundo mais evoluído em todos os sentidos, moral, ético, econômico, nos relacionamentos em fim, desenvolvendo nosso mais grandioso potencial que é o AMOR INCONDICIONAL, por todas as coisas existentes visíveis e invisíveis aos nossos olhos humanos, mas visíveis para nossas ALMAS.



Cada pessoa precisa se perguntar o que esta fazendo em benefício do Todo, não só de si mesmo, mas num contexto bem maior, mais abrangente, buscando recursos para terceiros, melhorando a vida do seu próximo, de sua comunidade e quem sabe de uma cidade, País e se juntando aos benfeitores do Mundo. Isto é possível, viável e existem muitas Almas Boas espalhadas por aí, que fazem a diferença e contribuem significativamente com a melhoria de vida de muita gente, precisamos nos CONSCIENTIZAR que se faz necessário divulgar e conhecer mais as obras de benfeitores que estão escondidas da maioria da população, são extremamente louváveis as Campanhas que as grandes emissoras de TVs veem fazendo para as comunidades mais carentes, mas nem por isso podemos ficar com os braços cruzados esperando que o outro faça em seu lugar, precisamos de Almas Boas pelo Mundo, e que seus exemplos de vida sirvam de estimulo para outras, assim sucessivamente, divulgando seus trabalhos para que outras Almas Boas possam se identificar e assim criarmos uma egregora do BEM e que seja tão grande que encubra com muito AMOR toda a TERRA, trazendo a tão sonhada e esperada PAZ.

O Bem, as BOAS ATITUDES, precisam ser amplificadas, em cada canto desse mundo precisamos de aliados, que cuidem, protejam, preservem, conservem e que mostrem que somos SERES HUMANOS, dignos, que o respeito por si mesmo aumente o potencial de alto estima e se incorpore na mente de cada criatura, porque existe um valor agregado quando fazemos algo por compaixão, amor e desinteresse e quando nossa alto estima é grande sentimos muito prazer em ajudar e ver que estamos contribuindo para uma vida mais plena e consciente de valores essenciais para a prática de BOAS ATITUDES.

Bom senso, equilíbrio, discernimento precisam ser incorporadas em nossas vidas em todos os momentos, quando estamos em família precisamos dar o exemplo e mostrar que em muitos casos, não se precisa renunciar a nada em função do outro, mas pelo contrário, chamar a família, para integrar na empreitada do BEM. Geralmente as crianças gostam de ajudar o próximo e precisam ser estimuladas pelos pais ou responsáveis para que cresçam fazendo e convivendo com ATITUDES DIGNAS, SOLIDÁRIAS e RESPEITOSAS.
No trabalho, podemos criar um ambiente que estimule a participação integrativa dando condições para que os talentos sejam revelados possibilitando novas formas de se expressar. Isto porque existem mil maneiras de nos expressamos e não é todo mundo que sabe a mesma coisa, portanto não podemos massificar tornando as pessoas iguais em seus atributos, mesmo porque é na diversidade que existe a criatividade.

E finalmente, nos prostrarmos diante da magnitude de DEUS nosso PAI, e pelo menos respeitarmos o que ELE nos deu para que pudéssemos evoluir e seguir nosso rumo de volta para NOSSO VERDADEIRO LAR. Se faz preciso DESPERTARMOS dessa ilusão que somos separados de DEUS e nos CONSCIENTIZARMOS definitivamente de que TUDO QUE EXISTE PERTENCE a DEUS como MANIFESTAÇÃO DIVINA e NÓS FAZEMOS PARTE dessa MANIFESTAÇÃO E COMO FILHOS E FILHAS DO ALTÍSSIMO REPRESENTAMOS SEU AMOR POR TODAS as OUTRAS CRIAÇÕES.
 É por meio desse DESPERTAR COLETIVO que  ESTAREMOS DESEMPENHANDO NOSSO PAPEL DE SERES HUMANOS, DIVINOS, SAGRADOS E CONSAGRADOS NO ETERNO AMOR de NOSSO AMADO CRIADOR.
Por SandraUGA

sábado, 25 de agosto de 2012

Minha opinião sobre a Campanha de Furnas 2012.


Campanha de Furnas mobiliza contra queimadas sob linhas de transmissão








Arcos Comunicação foi a agência responsável pela criação do alerta à população sobre o perigo das queimada
Minha opinião sobre esta propaganda.
Se o assunto é sério, por que fazer propaganda para criança? Querem chamar atenção sobre um problema que beira a um desastre ambiental, então faça com firmeza, não é fazendo desenho animado que se chegará ao objetivo de prevenir, punir e tomar as devidas precauções judiciais para quem põe fogo nas matas, seja o fogo perto ou longe das linhas de transmissão. Por favor, se quiserem ideias realmente produtivas podem entrar em contato comigo e não se iludam isso que fizeram vai provocar risadas nos malfeitores é realmente uma piada. O fato não é de brincadeira e ninguém em sã consciência vai levar a sério está campanha, e provavelmente pode vir a aumentar a incidência de queimadas, agora se colocarem GENTE DE VERDADE, OS ARTISTAS QUE DUBLARAM OS BICHINHOS falando do grande desastre ecológico que são as queimadas e o mais importante aproveitem a ideia dos pardais e multa quem for pego fazendo queimadas e muita conscientização para os moradores das áreas de risco. Quem sabe se com essas medidas possam diminuir significativamente esses incêndios e procurem medidas sócio-educativas junto às comunidades, aí sim leve o filmezinho para as criancinhas elas vão gostar muito, mas acredito que isso será uma medida para longo prazo, a questão é punição e propaganda dizendo que quem for pego colocando fogo será judicialmente enquadrado em danos ambientais e montem uma estratégia no campo é no próprio ambiente que se precisa orientar melhor as pessoas.
Sandra UGA

Não adianta reclamar

Vídeo de Gerson Varges
Não adianta reclamar. Porque temos dificuldades em nossas vidas, qual o sentido de passarmos por tantos problemas? O que fazer para mudar nossas vidas? Como definir objetivos e conquista-los? 

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

GOTA D'ÁGUA





Ninguém escapa à Justiça!

A Norte Energia teve que paralisar hoje as obras de Belo Monte até que todas as partes sejam ouvidas e os impactos ambientais sejam analisados com seriedade.

Por um país consciente, inteligente e democrático.
— 



quarta-feira, 22 de agosto de 2012

BOM DIA BRASIL!



BOM DIA BRASIL!
 Para mim o Chico Pinheiro é um excelente profissional e SABE MUITO BEM O QUE DIZ, seus comentários são muito INTELIGENTES e faz as pessoas pensarem. 

Quanto a reportagem de hoje sobre Educação Militar, minha nota é 0, porque precisamos pensar em um nível muito mais abrangente, EDUCAÇÃO não é somente DISCIPLINA DURA, não precisamos de RECRUTAS, gente amestrada, que se comporta do jeitinho que mandam, pelo CONTRÁRIO, precisamos de GENTE CRIATIVA, inteligente sim, mas não necessariamente ROBÔ. Precisamos de GENTE DISCIPLINADA EM VALORES QUE LEVEM O SER HUMANO A SER HUMANO VERDADEIRAMENTE e a EDUCAÇÃO JAMAIS PODE ESTAR SEPARADA DA ESPIRITUALIDADE, COMO UMA FORMA DE PELO MENOS SERMOS HUMILDES e percebermos que se a educação não deu certo até hoje é justamente porque nos desvinculamos de nossa ESSÊNCIA. Que DEUS nos livre da PREPOTÊNCIA de alguns homens que precisam muito abrir suas mentes e olhar para cima, existe um UNIVERSO, ou melhor, outros UNIVERSOS e nós somos um pontinho neste INFINITO CÓSMICO, portanto antes de olharem as estatísticas de notas mais altas, pesquisem as ATITUDES perante as necessidades da vida se realmente estas crianças e adolescentes estão recebendo as Noções básicas necessárias para MELHORAR O MUNDO no qual vivemos. Se criarmos uma sociedade mais conectada com VALORES saudáveis, estimulando o POTENCIAL CRIATIVO de cada pessoa, mostrando que podemos e precisamos saber conviver com mais NATURALIDADE, SOLIDARIEDADE E COMUNHÃO COM O UNIVERSO, isto quer dizer com todos os povos, com a natureza com TUDO o que existe. Nós fazemos parte de uma TEIA e quando jogam uma bomba no mar, mesmo que cercado de cuidados esse ato desastroso irá repercutir negativamente em TODA A TEIA, se pelo menos isso os jovens se conscientizarem estaremos ensinando para os futuros adultos que o que fazemos implica numa grande    responsabilidade perante ao Mundo, ou melhor perante ao COSMOS.

Espiritualidade não quer dizer ensino Religioso. Espiritualidade é nos vermos como somos verdadeiramente, somos seres espirituais, não nascesmos do barro, do pó, nascemos antes de qualquer coisa visível da combinação de substancias materiais e espirituais, sem o ESPÍRITO o Homem não tem condições nenhuma de desempenhar sua missão ou trabalho na Terra. As Religiões são manipuladoras e fracionadas, cada uma quer ter razão sobre a outra e esquecem que a CRIAÇÃO DIVINA é bastante diversificada, e que no fundo procuramos “caminhos que nos levem a DEUS” o importante nesta caminhada é termos CONSCIÊNCIA de nossas ATITUDES, do que fazemos para nós e para os outros seres, sejam eles animais, natureza, e o próprio ser humano. Temos que aprender a nos responsabilizarmos por nossos próprios atos, se as instituições de ensino, sejam elas particulares, militares ou públicas ensinassem isso estariamos ajudando muito para que esses jovens cresçam com a convicção de que eles fazem a diferença e que cada um é muito importante para que haja uma mudança drástica neste modo de ensinar hoje em dia.
Aquele conceito ''Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses'' poderia estar impresso em todas as salas de aula, só assim perceberiamos que a nossa essência não vem do conhecimento das coisas da materia e sim do ESPÍRITO.
Sandra Uga

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Isso é Brasil por Arnaldo Jabor



Contribuição do face 


 



Esse cara é demais!
É o texto que muita gente tinha que ler!

- Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca.
Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;
Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;
Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade. ..
Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária.
É coisa de gente otária.

- Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.

Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.
Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai.
Brasileiro tem um sério problema.
Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

- Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.

Brasileiro é vagabundo por excelência.
O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.
Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.
- Brasileiro é um povo honesto. Mentira.

Já foi; hoje é uma qualidade em baixa.
Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso.
Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.


- 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira..

Já foi.
Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da
Guerra do Paraguai ali se instalaram.
Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.
Hoje a realidade é diferente.
Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal.
Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.
Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.

- O Brasil é um pais democrático.. Mentira.

Num país democrático a vontade da maioria é Lei.
A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.
Num país onde todos têm direitos mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia.
Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita.
Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores).
Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.

Democracia isso? Pense !

O famoso jeitinho brasileiro.
Na minha opinião, um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira.
Brasileiro se acha malandro, muito esperto.
Faz um 'gato' puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.
No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto.... malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí?
Afinal somos penta campeões do mundo né?
Grande coisa...

O Brasil é o país do futuro.
Caramba , meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos.
Dessa vergonha eles se safaram...
Brasil, o país do futuro !?
Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

Deus é brasileiro.
Puxa, essa eu não vou nem comentar..

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

CONSUMO DESREGRADO = COMPRAR, COMPRAR SEM PARAR para PENSAR.


CONSUMO DESREGRADO = COMPRAR, COMPRAR SEM PARAR para PENSAR.
Postado por Sandra UGA em 20/Agosto de 2012.




É HORA DE PARAR com o CONSUMO EXAGERADO.
PERGUNTE SEMPRE SE PRECISA REALMENTE o que quer COMPRAR. É necessário ou estou com a SINDROME do CONSUMO INRESPONSÁVEL?!
É verdade, temos que PENSAR ANTES DE COMPRAR QUALQUER COISA, porque geralmente compramos por IMPULSO, por INDUÇÃO, por OLHO GRANDE.
Se quando fossemos as compras de supermercando, ou seja ela qual for, prestassemos ATENÇÃO no momento de PAGARMOS pelo menos e nesse instante entre o CAIXA e a carteira de dinheiro PENSASSEMOS É REALMENTE NECESSÁRIO EU COMPRAR ESSE PRODUTO OU SEJA LÁ O QUÊ? Estariamos no mínimo sendo SENSATOS, exercendo uma ATITUDE COERENTE com o que estamos vivendo no MUNDO. A crise está aí para mostrar que o sistema vigente não anda bem das pernas, ou seja, está cambaliante e o momento é de mudanças em todos os setores econômico e principalmente de CONSUMO. Isto porque é pelo CONSUMO que sobrevivem as industrias, a economia de um país, mas NÓS TEMOS O TRUNFO EM NOSSSAS MÃOS E TEMOS QUE FAZER VALER O NOSSO PODER EM DECIDIR SE QUEREMOS OU NÃO ISTO OU AQUILO.


Temos que ser exigentes em relação ao que vamos levar para nossos lares, essa questão envolve GASTAR MENOS em todos os sentidos, procurando o melhor preço e a QUALIDADE DO PRODUTO, perguntando sempre se o que pretendo comprar pode ser substituido por outra coisa mais saudável, menos industrializada, sem tantos aditivos químicos e conservantes.
Se comprarmos tudo que vemos pela frente sem nem mesmo questionarmos a qualidade dos produtos vamos seguindo um caminho de completo CAOS no MUNDO, principalmente quando o que compramos vai para o lixo rapidinho, por isso o que pode ser RECICLADO ajuda muito gerando A SUSTENTABILIDADE necessária para salvarmos o PLANETA.
Não é brincadeira o que consumimos durante um dia gerando no final do mês um acumulo enorme de lixo e o pior insentivando cada vez mais  que industrias processem qualquer produto mesmo pondo em risco a saúde da população.
A geração internet veio para ficar e é por meio deste veiculo incrível que podemos acessar e pesquisar sobre tudo o que queremos adquirir, não custa dar uma olhadinha nos preços, em como as indústrias alimentícias estão processando o produto, se é uma indústria preocupada com o meio ambiente, e para quem tem tempo verificar até mesmo como os funcionarios daquela empresa são tratados, porque se consumimos produtos de empresas que maltratam seus funcionários logicamente isto está implícito na ausência de recursos que humanizem o ambiente de trabalho, gerando mal estar para os funcionários e consequentemente refletindo no produto final, ou seja, FUNCIONÁRIO NÃO É MÁQUINA, portanto deve ter condições dignas de trabalho.



O GRANDE NEGÓCIO é interferirmos na produção de TUDO que existe para CONSUMO HUMANO, temos que parar de comprar só por comprar e começar a comprar o que realmente for útil e que seja durável, que seja um produto natural de verdade, (isso porque tem muita fábrica que diz ser natureba, mas coloca em seus produtos um monte de acidulantes, concervantes e outros “antes” malígnos para nossa saúde), que tenha um certificado de SUSTENTABILIDADE ou seja o produto deve seguir normas que gerem cada vez menos degradação, poluição, intoxicação e que usem também da criatividade para substituir o alimento com carne animal por outros alimentos que tenham até um maior valor nutricional que não precise com isso matar nenhum animal para nos alimentarmos, mesmo porque o gado vai tomar conta de todo espaço disponível no planeta, tem mais gado do que gente, ainda bem que do outro lado, na Índia, não comem carne e o boi ou a vaca são animais sagrados, não precisamos chegar a tanto, mas precisamos RESPEITAR OS SERES VIVOS e pelo menos CONSUMIR MENOS esses pobres coitados que nasceram num mundo cruel e desalmaldo, se existe mesmo carma como uma falta estamos em dívida com essas criaturas que também querem sobreviver, mas não tem nem jeito, porque os criadores inseminam os animais para procriarem indiscriminadamente para servirem de comida para os “seres desumanos” não tem humanidade nenhuma em se servir de outro ser para comermos sendo que existe muitos outros alimentos essenciais para nos alimentarmos e que não gerariam tantos inconvenientes, mesmo porque os animais quando são abatidos SENTEM MEDO, TERROR, e é essa carne impregnada de energia negativa que consumimos sem o menos pudor e é lógico que isso impregna nosso corpo, nosso sangue, nossa mente de MEDO, TERROR E ENERGIA NEGATIVA, por tanto vamos nos CONSCIENTIZAR e de hoje em diante, vamos COMER MENOS, MATAR MENOS, PRESTAR MAIS ATENÇÃO NO QUE ESTAMOS COMPRANDO E PESQUISAR MAIS SOBRE TUDO, MENOR PREÇO, FABRICANTES, INDÚSTRIAS SE SÃO ECOLOGICAMENTE CORRETOS OU SE SÃO FARSANTES, NÃO ENGULA QUALQUER COISA, SEJA MAIS EXIGENTE, COMPROMETIDO COM O PRESENTE E O FUTURO, TOME UMA ATITUDE CONDIZENTE COM UM MUNDO MAIS CONSCIENTE.
SandraUGA

domingo, 19 de agosto de 2012

REVOLUÇÃO DAS FLORES!!!




Contribuição da amiga Fatima Cabral
publicadou e

sábado, 18 de agosto de 2012

NÓS QUEREMOS PAZ




 Publicado em 30/03/2012 por scheilagrade Criando por uma pai de família e cidadão de Israel, esse homem de 41 anos resolveu demonstrar seu amor para com seus companheiros do Iran, e fazer um apelo as pessoas para que ajudem a difundir essa mensagem e conscientizar a humanidade de que nós não queremos guerras...o povo que paz! Vídeo Original: http://youtu.be/mYjuUoEivbE Créditos: http://www.youtube.com/user/israelovesiran Tradução, legenda e sincronia: @Sagrade Visite: http://despertandodeuses.blogspot.com.br/ Categoria:

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

REFLEXÕES SOBRE O CARINHO




REFLEXÕES SOBRE O CARINHO
Postado por Sandra UGA em 15/08/2012.

CARINHO – Já pensou que um ato de carinho pode derrubar barreiras e abrir caminhos inimaginaveis? Pois é simples assim um CARINHO pode salvar vidas, arrumar amigos verdadeiros, fazer milagres...Ser Carinhoso é ser EDUCADO.
CARINHO é o ato de se entregar, doar ou receber um aconchego, mimo ou mesmo exercer alguma prática saudável reabastecendo o corpo, a mente estimulando a troca de boas energias entre pessoas, animais ou seres VIVOS. 
 CARINHO, palavra fácil de ser entendida, mas algumas vezes negligenciada, esquecida e mal interpretada.
 CARINHO é BOM em TODOS OS SENTIDOS E DIREÇÕES.
 CARINHO por si mesmo, pelo outros, pelos animais, pela natureza e por ai vai...
Quando cuidamos de nós mesmos, fazendo algo agradável para nosso paladar ou mesmo para nosso contato físico, como um banho revigorante, estamos realizando um ato de carinho para nós mesmos, quando usamos uma roupa gostosa, aconchegante, quando nos perfumamos estamos cuidando de nós mesmos com CARINHO, portando estamos nos glorificando, de certa maneira nos AMANDO, ou seja, quando sou carinhosa comigo mesma, estou me aceitando, como uma criatura divina.
 CARINHO também é CUIDAR, é dar e receber, é acolher, é ter educação,  é se envolver com o outro, perceber o outro e a si mesmo.
CARINHO é um sorriso, mesmo para quem você nunca viu. Carinho é escutar, ser gentil é ter um tempinho a mais para àquele que precisa de atenção.


CARINHO é via de mão dupla, damos e recebemos, às vezes só damos, às vezes só recebemos.
CARINHO também não é um produto caro, mas na verdade carinho não tem preço. Todo mundo gosta de um afago, chamego, dengo, de um CARINHO.
CARINHO é um aconchego, um mimo, um agrado, uma gentileza, um Lê Lê,Lê.
CARINHO é fazer um bem sem olhar a quem.
CARINHO é se sentir repleto, completo. É respirar fundo, afagar, conquistar.
CARINHO é muitas vezes negligenciado. Deixado para mais tarde, esquecido, renunciado.
CARINHO é um elogio dado assim sem mais nem menos, é um gesto educado um favor bem executado.
CARINHO é a forma mais simples de RECICLAR AS ENERGIAS. Quando damos ou recebemos CARINHO estamos TROCANDO, REAJUSTANDO E EQUILIBRANDO nossas ENERGIAS MUTUAMENTE, nossa PUREZA e nossa ALEGRIA.
CARINHO quando é oferecido, num sorriso, num afago, num aconchego, num caminhar juntos alegremente, felizmente faz crescer em nós um poderoso antídoto contra tudo que não se relacione com o BEM MAIOR.    Quando estamos sob o efeito relaxante e revigorante de um momento de carinho tornamos-nos imunes a tudo que não corresponda com a nossa PLENITUDE.
CARINHO é tudo o que precisamos para nos integrarmos com a natureza, com os animais, as pessoas.
CARINHO é bom pra cachorro, para gato... e para gente. Até os animais fazem carinho...
CARINHO forma delicada de respeito e consideração. Quem ama sente também um carinho especial pela pessoa amada.
Portanto, vamos ser CARINHOSOS, vamos fazer e receber CARINHO MUITO, MAS MUITO MAIS VEZES DURANTE O DIA, A NOITE E NO FINAL DA SEMANA, REDOBRAR A DOSAGEM, VAMOS SER CARINHOSOS CADA DIA MAIS E MAIS, ATÉ QUE TODAS AS PESSOAS NESTE PLANETA SEJAM PURO CARINHO UNS COM OS OUTROS E CONSIGO MESMO, ASSIM ESTE MUNDO SERÁ O MELHOR DE SE VIVER.

 Com CARINHO Sandra UGA.


Foto do Face amigo

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

O SOL NOSSO DE CADA DIA

Já imaginou a nossa vida sem o SOL? Nem quero imaginar isso, mesmo porque não existiríamos do jeito que somos, seriamos zumbis.  
O SOL é pouco explorado no sentido de não usarmos essa poderosa energia em nossas vidas, para gerar eletricidade, o nosso país é iluminado por este Astro Rei em todo o Território Nacional e nada até hoje foi feito para se beneficiar a população com energia vinda do céu.
foto de Sandra UGA - Pôr do Sol
 em Brasília.
O Sol é nossa fonte de vida e luz.

Apreciar o nascer e o pôr do Sol, faz bem para a saúde do corpo, da mente e da ALMA.


ASSISTA ESTE VÍDEO E VAMOS NOS CONSCIENTIZAR DA IMPORTÂNCIA QUE O SOL EXERCE EM NOSSAS VIDAS.

Reverencie o Sol - Palestra com Ray di Castro falando sobre a importância de apreciarmos o Sol.


EDUCAÇÃO VEM DE BERÇO ? - CRIAÇÃO X CRIANÇA




CRIAÇÃO X CRIANÇA
Texto de Sandra UGA
 Postado em abril e agosto 
A EDUCAÇÃO vem de onde? dos genes? dos pais? de outras encarnações?.
 Este é realmente um assunto empolgante e de extrema importância. Sabemos que alguma coisa anda errado na educação dada pelos pais e nas escolas também, diariamente vemos estarrecidos crianças se vingando de não se sabe o que, mas que mostram a deficiência dessa educação que nem pais nem escola conseguem se entender.
Acredito na Integração Pais e Mestres, educando, ensinando, dando o exemplo e principalmente criando condições para que TODOS JUNTOS possam se conhecer melhor, porque a maioria dos pais não sabem como criar seus filhos e eles mesmos não tiveram nenhuma estrutura para tal empreendimento. Se faz oportuno que a ESCOLA oriente os pais para que eles possam com mais segurança ajudar seus filhos na formação e no comportamento deles. É melhor na Escola do que se refugiar nas Religiões, mas a Escola precisa se adaptar assumindo este lado de provedor dos saberes formando pessoas dignas e conscientes de seus Valores.
   Há sim uma discrepância entre formação intelectual e formação ética, moral e desprovida de Valores essenciais para se sociabilizar e se integrar num contexto bem maior, abrangendo a natureza e o meio ambiente. A educação precisa formar cidadãos mais integrados com todos os meios dignos de sobrevivência, estimular o comprometimento em relação aos princípios existenciais de todo o Planeta, permitindo a viabilidade de procedimentos que beneficiem a maior parte da população sem transgredir os limites naturais, o crescimento populacional reforça uma postura consumista e de desrespeito ao meio ambiente, provocando consequentemente a destruição e a crescente desumanidade contra a natureza.
A CRIANÇA precisa entender desde cedo que o respeito deve ser recíproco entre as pessoas sem distinção incluindo animais e natureza.
Amar nossos filhos e netos é saber reconhecer nossa impotencialidade sobre o melhor método de criação. É preciso nos entendermos e no processo de AUTOCONHECIMENTO, investir no outro como aprimoramento e neste conceito novo de COMPARTILHAR vamos CONSTRUINDO um novo SER e principalmente um verdadeiro CIDADÃO, Cuidador, Consciente de seus VALORES como SER DIVINO E SAGRADO.
Escutar SIM os filhos, para que eles possam desenvolver desde pequenos suas próprias opiniões sobre os assuntos. É preciso se expressar em palavras ou de outras formas não tão usuais, mas que podem estar “Falando alto” na música, nos desenhos, na moda, no trato com o corpo e até mesmo no comportamento com os outros. Procurar entender o que a criança quer dizer é importante para mantermos um diálogo e não um monólogo com nossos filhos.
A criança deve ser ORIENTADA, mas não OBRIGADA a fazer nada, principalmente com relação à sua vestimenta, comida, lazer. Em muitos casos precisamos intervir quando se põe em risco a integridade da criança, mas em geral, deixar que a criança tome atitudes é importante para seu desenvolvimento psicossomático. 
Chamar à atenção sempre que houver necessidade, hoje em dia repreender a criança com “tapinhas ou agressividade” é proibido por lei, então se faz preciso “CHAMAR ATENÇÃO” com FIRMEZA, mas respeitando a integridade física e psicológica do menor. Existe certa coerência e bom senso neste NOVO modelo disciplinar, acredita-se que a criança não precisa ser coagida pelo pavor nem o medo mediante a agressão voltada para ela, que consequentemente deixará traumas gerando complexos que seguirá o resto de suas vidas. Pensando bem eu mesma nunca apanhei, minha mãe tinha a mania de me dar beliscões quando eu fazia algo errado (para ela) e criei meus filhos sem precisar bater neles, mas quando chamava a atenção era bem brava e me lembro que puxei os cabelos da minha filha algumas vezes, não sei bem se adiantou, mas acho mesmo que precisamos arrumar outra forma de educarmos nossos filhos sem precisar usar de força física, mas sermos FIRMES quando se fizer necessário. Por tanto educar é uma via de mão dupla, aprendemos muito também com nossos filhos e se faz preciso intensificar este relacionamento com BASTANTE EDUCAÇÃO DE VALORES TANTO PARA OS PAIS como para os FILHOS que estão ávidos para aprender.   
  Ensinar sem subjugar, sem colocar medos, sem imposições, mas acolher visando um entendimento que transcenda o aspecto físico e intelectual, mas que abranja a plenitude de SER HUMANO e a responsabilidade de sermos CUIDADORES E FACILITADORES deste processo tão complicado que É CRIARMOS CIDADÃOS PARA O MUNDO.
Sandra UGA

sábado, 11 de agosto de 2012

A Necessidade da Vida Social

Contribuição de Sonia Maria Andrade Mazza - sonecaneca@yahoo.com.br,
Visite o site da ADDE 
Que a paz do Divino Mestre nos envolva a todos, e que neste dia possamos ser portadores da
dessa Paz e da Luz Divina a todos que nos rodeiam.
 A Necessidade da Vida Social
"Porque nenhum de nós vive para si".
(Paulo aos Romanos,14:7)
Na Natureza tudo se serve, tudo se encadeia, desde o ser mais simples até o mais evoluído. O sol atende ao seu sistema fornecendo luz e calor para promover uma reação que mantém os elementos vitais em circulação, sustentando a vida em todos os planetas. Os planetas em suas órbitas, se posicionam de tal forma, que um mantém o equilíbrio do outro, além do seu próprio, obtendo uma harmonia em todo o sistema.
 Para que tenhamos a eletricidade necessitamos de um rio com volume de água suficiente para movimentar a usina geradora de energia elétrica. Para manter a água necessária precisa-se da chuva. Para que a eletricidade chegue ao seu destino são necessários fios condutores e assim por diante. Tudo isso funcionando em perfeita sintonia nos fornece a energia suficiente para mantermos nossos lares com iluminação e todos os aparelhos eletrodomésticos que nos servem em nosso dia a dia.
Hoje, com a tal globalização, os países envolvidos necessitam manter suas economias atualizadas e equilibradas, porque se algum deles provocar alguma anomalia, todos os outros sentirão o efeito negativo. Caso contrário, tudo estará bem e funcionará normalmente, com as populações desses países tendo empregos, alimentos e conforto. Pois é, assim temos exemplos de como cada um de nós deve agir para manter o nosso próprio equilíbrio e de todos aqueles que nos rodeiam e vivem em função de nós.
Em O Livro dos Espíritos, os Espíritos, em resposta às questões 766, 767 e 768, afirmaram: "A vida social está na Natureza. Deus fez o homem para viver em sociedade. Deus não deu inutilmente a palavra e todas as outras faculdades necessárias à vida de relação." "O isolamento absoluto é contrário à Lei Natural, pois os homens buscam a sociedade por instinto e devem todos concorrer para o progresso, ajudando-se mutuamente." "O homem deve progredir, mas sozinho não o pode fazer porque não possui todas as faculdades: precisa do contato dos outros homens. No isolamento, ele se embrutece e se debilita". O Codificador em nota a essas respostas, acrescenta: "Nenhum homem dispõe de faculdades completas e é pela união social que eles se completam uns aos outros, para assegurarem seu próprio bem-estar e progredirem. Eis porque, tendo necessidade uns dos outros, são feitos para viver em sociedade e não isolados."
Podemos observar, assim, que a sociedade necessita de criaturas que cooperem umas com as outras para que o progresso geral se estabeleça. Dizem os Espíritos em resposta à questão 785 de O Livro dos Espíritos, que os maiores obstáculos ao progresso são o egoísmo e o orgulho, referindo-se dessa forma ao progresso moral, porquanto, o intelectual se efetua sempre.
O egoísmo e o orgulho extremados quebram a harmonia entre os homens, pois são eles que entravam o progresso moral, provocando as discórdias, as malevolências, os ciúmes, os sofrimentos atrozes etc., chegando a afastar o homem da vida social, levando-o à ruína. Para compreendermos o efeito negativo do egoísmo e do orgulho, buscamos o livro Fábulas e Lendas de Leonardo da Vinci, uma adaptação do conto "A árvore orgulhosa". Diz ele::
 "No meio de um jardim, junto a muitas outras árvores, havia um lindo cedro. Crescia a cada ano que passava, e seus galhos eram muito mais altos do que os galhos das outras árvores.

Tirem daí essa castanheira! — disse o cedro, inchado de orgulho ante a sua própria beleza. E a castanheira foi removida.
Levem embora aquela figueira! — disse o cedro. — Ela me incomoda.
E a figueira foi arrancada.
Tirem as macieiras! — prosseguiu o cedro, erguendo alto a sua bela cabeça. E as macieiras se foram.
Assim, o cedro fez com que uma a uma todas as outras árvores fossem arrancadas, até ficar sozinho, dono do grande jardim. Um dia, porém, houve uma forte ventania. O lindo cedro lutou com todas as forças, agarrando-se à terra com suas longas raízes. Mas o vento, sem outras árvores para detê-lo, dobrou e feriu o cedro e, finalmente, com grande estrondo, derrubou-o ao chão."
O contrário de tudo isso são a caridade e a humildade. Esses são os elementos positivos do progresso e que levam o homem à solidariedade. Todo homem que possui essas qualidades sabe amar, servir e se relacionar com os outros homens, como Jesus ensinou; esse homem sabe, ainda, sorrir para o seu semelhante e passa seus conhecimentos, sem constrangimento, a todos aqueles que dele necessitam. Sabe que é uma peça importante do grande mecanismo Universal e se coloca sempre à disposição sem se exaltar, procurando estar em contato permanente com as outras criaturas oferecendo de si e recebendo dos outros sem nenhum interesse que não o de servir. Ao contrário do cedro que caiu, por ser egoísta e orgulhoso e, conseqüentemente anti-social, o homem caridoso e humilde consegue o suporte do bem que distribui, por meio da solidariedade, sendo mais difícil a sua queda.
Conta uma lenda de tradição judaica que: "Numa região longínqua, viviam alguns homens que passavam muita fome porque tinham os cotovelos voltados para dentro e as mãos voltadas para fora. Portanto não podiam dobrar os braços em direção à boca porque não tinham flexão e assim não se alimentavam. Os pobres homens estavam à mingua, desnutridos e fatalmente condenados a morrer de inanição. O mais idoso, cheio de sabedoria, passou a estudar um meio de solucionar o problema. Eis a solução: já que, tendo os cotovelos voltados para dentro e as mãos espalmadas para fora poderiam colocar o alimento na boca dos outros e assim não passariam mais fome. O regime de solidariedade resolveu a questão."
Assim, somos nós. Todos possuímos defeitos e qualidades, temos o caráter diferenciado um do outro, pois, como disse Kardec, ninguém dispõe de faculdades completas e é pela união social que vamos nos completando mutuamente, assegurando nosso próprio bem-estar e progredindo juntos, já que é complicado seguirmos sozinhos. Necessitamos ser solidários, para termos uma boa relação.
Cooperemos, então, uns com os outros e sigamos com Jesus para a nossa evolução, pois, como disse o apóstolo Paulo, nenhum de nós vive para si.
Quatro cadeias de ouro sustentam o mundo:
a razão, a fé, a verdade e a justiça.
Victor Hugo
Escritor francês
1803-1885
 formatação e pesquisa: MILTER- 29-07-2012
A EQUIPE DA ADDE
LEIA E ESTUDE AS OBRAS BÁSICAS DO ESPIRITISMO

Leia e Estude obras Espíritas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...